Eu e meu Kindle que nunca comprei

Kindle. Você já ouviu falar disso. Tenho certeza que algum amigo chato seu já se vangloriou de ter comprado essa pequena maravilha. Por consequência você já sentou e ouviu algumas horas de papos sobre como isso é o futuro, como os livros vão morrer e que não existe mais porque comprar um livro de papel. Quando você finalmente se da por vencido, vem outro amigo seu e começa a argumentar que isso é um absurdo, o livro eletrônico nunca vai substituir o papel, nunca vai ter o mesmo prazer de ler no papel. Nesse momento você se pergunta porque sai para beber com essas pessoas.
Gosto de exemplificar o que o livro digital representa (para mim) contando minha experiência pessoal.
Sou uma pessoa normal, gosto de ler um livro ou outro, não suporto a grande maioria dos livros cultuados como clássicos da literatura. Mas ainda sim gosto de ler.  Um gosto mais voltado para tipos questão dificilmente encontrados no Brasil.A_Time_to_Be_Born_cover
A poucos anos atrás, descobri que o Kindle não era apenas um aparelho, e sim todo um meio ambiente (assim como seu smartphone não é nada sem a loja de aplicativos). Para melhorar ainda mais a situação, descobri que não precisa comprar este aparelho para usufruir deste ambiente.
Vamos entender, a Amazon americana possui uma coletânea de livros digitais que colocam inveja basicamente qualquer coisa que seja comparada a ela. Neste mundo, descobri que eu mero mortal, poderia comprar livros que nunca imaginei ter acesso no Brasil, a preço de banana (o preços em dólar são quase dados) e ainda a entrega era instantânea.
Assim, começou uma nova era para mim. Eu passava a me interessar e ler muitos livros, livros que nunca deram e nem nunca darão as caras no Brasil. Qual o preço que paguei por isso? Leio eles na tela dou meu tablet ou smartphone ou computador (interessantemente sempre que mudo onde estou lendo, ele guarda onde parei).
Kindle_AppsHoje lembro do meu amigo falando que era o fim dos livros. Eu nunca a deixei de comprar um livro físico simplesmente porque podia comprar online. Eu compro os livros online que nunca compraria de outra forma. Não nego que hoje costumo dar preferência para livros digitais, por praticidade mais que qualquer coisa.
Ainda sim, lembro do meu outro amigo, que diz que livros físicos nunca vão morrer, e me pego entrando em uma livraria para comprar um livro de presente para uma pessoa amada. Penso assim que o livro, assim como o vinil, assim como uma carta feita a mão, não vai mais ser algo das massas, e sim algo que vamos poder guardar com carinho, porque quem nos presenteou com ele se deu ao trabalho de fazer mais do que simples cliques no mouse, foi mais que transmitir informação, foi um gesto de carinho que poderá ser guardado por muitos anos e que nunca ficará sem bateria.
Meu tablet, vai sempre andar comigo, vou poder sempre ler onde bem entender. Mas meus livros, estes vão sempre ficar na minha estante, onde posso pegar, sentir o peso, e trazer as memórias que vieram atreladas àquele presente.

book-gift

Advertisements