Black Friday 2013: valerá a pena?

black-friday-brasil-tudo-pela-metade-do-dobroDaqui a apenas algumas horas começa o Black Friday, tradicional dos Estados Unidos, que promove uma enorme baixa de preços de produtos variados. Grande febre americana, muitos acampam em frente as suas lojas favoritas, com a esperança de comprar aquele produto tão desejado, com até 80% de desconto. Muitos consumidores aguardam este exato dia do ano para fazer suas compras. Sabe-se que por lá, os descontos são realmente vantajosos, apesar de, entre um caso e outro, alguns compradores se queixarem de peças com defeito.

O Black Friday, nos últimos anos, também se reflete no Brasil, onde grandes lojas virtuais preparam-se para abaixar os preços e atrair consumidores, aumentar o número de vendas e também congestionarem seus sites. Muitas lojas físicas também “entram na onda” e oferecem descontos, mas na grande maioria, em valores pequenos. Porém, em experiências de anos anteriores, sabe-se que muitas empresas virtuais um tanto caras de pau aumentam o valor de seus produtos dias antes do grande 29 de novembro para abaixarem de novo, dando a impressão de descontãopeloamordeDeustenhoquecomprar. Claro, pessoas que como eu recebem todo dia emails em massa sobre ofertas de produtos, percebem a diferença do preço quando chega o Black Friday. Porém, se você notar bem, não está tão barato assim.

Após muita especulação na mídia sobre o Black Friday no Brasil este ano ser “diferente”, as próprias lojas virtuais que participarão do Black Friday já enviaram email este ano explicando como irá funcionar o grande esquema de descontos, prometendo inclusive 80% em alguns produtos. Também já adiantaram que o site pode congestionar, o produtos esgotar só pra me fazer ficar acordada até 00h

Para não se perder este ano, o Buscapé irá fazer uma espécie de curadoria de preços para o consumidor não se enganar sobre se há desconto de verdade ou não. O jeito é se cadastrar lá, comparar preços e torcer para valer a pena!

Advertisements