Resistindo à Tecnologia

Uma coisa que sempre de deixou curioso, sempre me fez questionar muitas coisas foi descobrir que não são todas as pessoas que gostam de tecnologia. Na verdade, o grupo de pessoas que gosta de tecnologia, gosta de inovações e novidades é muitos restrito. Não vou entrar em um debate socio economico onde vão argumentar a dificuldade de certas pessoas em ter acesso a tecnologia. Me atenho a exemplos mais restritos a minha convivencia do dia a dia.

Meus avós sempre sofreram comigo, nunca fui nenhum tipo de peste nem nada, muito pelo contrario. Mas sempre que eu podia, queria um brinque novo, mais sofisticado, mais moderno, que fizesse mais coisas. Eles, comos os avós que são, sempre fizeram de tudo pra mim. Mas de uns poucos anos pra cá, me vi frustrado. Pois quanto mais eu mergulho nesso mundo de tecnologia e informação, mais eu vejo o quanto eles estão perdendo. Eu, agradeço a eles ter os interesses que eu tenho hoje, assim como agradeço a toda a minha famila,mesmo que eles não compartilhem dele. Mas eu sempre tive aquela ideia de querer ver que meu avô podia fazer tudo que eu faço, afinal, é uma pessoa muito inteligente. Mas quando se trata de computadores e tecnologia em geral, parece haver um certo tipo de repulsa. Nunca entendi porque, afinal uma pessoa culta, que passou a vida toda estudando, nao poderia se quer ter acesso a cada vez mais conhecimento. Não que ele nao use computadores, na verdade ele deve usar tanto quanto eu. Só que pra ele, o computador nada mais é que um substituto à maquina de escrever. Ele passa horas no word escrevendo textos e mais textos. Mas porque eu digo que ele nao gosta da tecnologia. Porque apesar de ficar horas na frente do pc escrevendo, se por acaso ele esbarra em um botão e isso leva a algum efeito no texto dele, logo passa a ser culpa da maquina, e não dele. Ele tem uma enorme dificuldade em conceber o que aquela ferramenta pode fazer por ele. Ele sabe, o que ela faz, sabe da internet, sabe de varias coisas, mas ele nao realmente ve o beneficio imediato que isso traz para a vida dele. Essa resistencia, ainda leva ele a pensar forma no qual isso é ruim para nós, e elaborar ideias em cima de como isso é prejudicial para o individuo e para a sociedade. Não fique com a ideia que ele é do contra e sempre acha o lado ruim, não é assim, ele simplesmente sempre pode te dar um lado ruim para aquilo que ele mesmo concorda que é um beneficio enorme.

Um dos meus grande objetivos, é entender, o porque dessa resistencia. Um exemplo bem interessante. Ele se recusa a usar o computador para pagar contas e ver o saldo de sua conta bancaria. Ele alega, que “Não quer se tornar um refem da tecnologia”, mas por ele nao querer tentar essas facilidades, ele tem que sair de casa ao menos uma vez em cada mês para ir pessoalmente no banco pagar as contas.

No proximo texto vou continuar com meus pensamentos com relação a este tema.

Advertisements